Cultura material e história do ensino de ciências em São Paulo

uma perspectiva econômico administrativa

  • Wiara Rosa Alcantara Universidade Federal de São Paulo
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## https://doi.org/10.4454/rse.v5i1.116

Abstract

O objetivo deste trabalho é discutir questões econômico-administrativas relacionadas à aquisição de objetos e materiais para o ensino de ciências naturais em São Paulo, entre os anos 1880 e 1895. Para tanto, serão utilizadas como fontes inventários de bens, orçamentos de objetos científicos, ofícios e correspondências de solicitação de material escolar, faturas de compras, despachos aduaneiros, anúncios e propagandas de casas comerciais, objetos e materiais escolares pertencentes à antigas escolas de São Paulo. O procedimento metodológico consiste em analisar os materiais didáticos para o ensino de ciências como vetores de relações (Meneses, 2005), cujo significado só pode ser compreendido dentre de um sistema de objetos (Baudrillard 2008). Tal discussão é importante porque ela ilumina a compreensão da dimensão econômica do suprimento material da escola. Mais do que isso, indica a convergência dos setores público e privado, de ações estatais e interesses comerciais na expansão da escolarização das massas e da obrigatoriedade do ensino (Vidal 2006; 2009; Alcântara 2014; Meda 2016). Como resultado, evidencia-se que, neste momento de constituição do sistema público de ensino paulista as relações entre o público (governo paulista) e o privado (indústrias) já configuravam limites e possibilidades à expansão da escolarização das massas. Por fim, o suprimento material da escola, que se vincula às possibilidades didáticas e educativas, não pode ser compreendido apenas pela análise de relações intraescolares, mas na consideração, também, de questões econômicas, sociais, administrativas e culturais.


 

Pubblicato
2018-06-13
Come citare
ALCANTARA, Wiara Rosa. Cultura material e história do ensino de ciências em São Paulo. Rivista di Storia dell‘Educazione, [S.l.], v. 5, n. 1, giu. 2018. ISSN 2384-8294. Disponibile all'indirizzo: <https://rivistadistoriadelleducazione.it/index.php/RSE/article/view/116>. Data di accesso: 16 lug. 2018 doi: https://doi.org/10.4454/rse.v5i1.116.
Sezione
Miscellanea